São Paulo I Espetáculos em destaque

O Anjo de Cristal

Era para ser uma noite comum na vida de Isadora, uma jovem acompanhante de luxo que atende em um flat dos Jardins. A normalidade é interrompida com a chegada do tímido e misterioso Marcos que, ao contrário de qualquer outro cliente, parece mais interessado em sua história de vida do que em qualquer contato físico. Quintas às 20 horas no Teatro União Cultural, Paraíso. Até dia 25 de agosto. Saiba mais


Cartas na Prisão
 

A peça retrata a troca de cartas amorosas entre uma mulher e um serial killer. Com texto de Nanna de Castro, direção de Bruno Kottÿ e atuação de Chica Portugal, o espetáculo mescla ficção e relatos reais de mulheres que sofreram diversas formas de abuso. Sesc Santo André á Rua Tamarutaca, 302.  Sextas e sábados, às 20h até dia 27 de agosto. Ingressos: R$ 20,00 (meia).

 
 
A Última Sessão de Freud   F.E.T.O. 
 
 
   

O instigante texto do premiado autor americano Mark St. Germain revela um encontro fictício entre Sigmund Freud (Odilon Wagner), o pai da psicanálise, e o escritor, poeta e crítico literário C.S.Lewis (Claudio Fontana), dois intelectuais que influenciaram o pensamento científico filosófico da sociedade do século XX. No gabinete de Freud, na Inglaterra, eles conversam sobre a existência de Deus, mas o embate se expande por assuntos como o sentido da vida, natureza humana, sexo, morte e as relações humanas, resultando em um espetáculo sarcástico e irônico que se conecta profundamente com o espectador com através de ferramentas como o humor e o resgate da escuta como ponto de partida para uma boa conversa. Durante esse diálogo, Sigmund Freud, crítico implacável da crença religiosa, e C.S. Lewis, renomado professor de Oxford, crítico literário, ex-ateu e influente defensor da fé baseada na razão, debatem, de forma apaixonada, o dilema entre ateísmo e crença em Deus. O texto de Mark St. Germain é baseado no livro “Deus em Questão”, escrito pelo Dr. Armand M.Nicholi Jr. - professor clínico de psiquiatria da Harvard Medical School. Freud quer entender porque um ex ateu, um brilhante intelectual como C.S. Lewis, pode, segundo suas palavras, “abandonar a verdade por uma mentira insidiosa” - tornando-se um cristão convicto. Direção de Elias Andreato. O cenário de Fábio Namatame reproduz o consultório onde Freud desenvolvia sua psicanálise e seus estudos.

O espetáculo "F.E.T.O. (Estudos de Doroteia Nua Descendo a Escada) que estreia em São Paulo, é o  novo trabalho de Gerald Thomas, autor e diretor de teatro, nascido em Nova York, cuja extensa trajetória o fez passar por pelo menos 15 países e vencer duas vezes o Prêmio Molière. Trabalhou com Samuel Beckett, inicialmente em Paris, adaptando novas ficções do autor. Com uma habilidade genial para ironizar e satirizar os desvios comportamentais da sociedade, Nelson Rodrigues criou um teatro único e universal que vem atravessando décadas com a mesma vitalidade. A trama da sua peça “Doroteia” nos mostra a personagem título quando, depois da morte do filho, resolve abandonar a prostituição e procurar por suas primas em busca de uma vida virtuosa. No entanto, elas a repudiam por causa de seu passado e por julgarem que sua beleza atrai o pecado. Para aceitá-la, lhe impõem uma condição, Doroteia precisa ficar feia. Em síntese, essa é a trama de “Doroteia”, mas Gerald Thomas não vai encenar a peça. Ele parte dela e das provocações que ela lhe imprime para produzir um espetáculo que de alguma forma dialogue com a Doroteia de Nelson Rodrigues, ao mesmo tempo em que investiga a alma do seu criador e o seu tempo. Criação e direção: Gerald Thomas. Coreografia aérea e co-direção: Lisa Giobbi. Com Fabiana Gugli, Rodrigo Pandolfo, Raul Barreto, Lisa Giobbi, Beatrice Sayd e Ana Gabi. A dramaturgia da peça ficou a cargo de David George.

Teatro Porto - Al. Barão de Piracicaba, 740 – Campos Elíseos. Sextas às 20h; sábados às 17h e 20h; domingos às 18h. Ingressos  a partir de R$ 25,00 (meia), vesperais de sábado. Duração: 80min. Classificação: 12 anos. Até 7 de agosto..

 

Teatro  Anchieta - Sesc Consolação. Rua Dr. Vila Nova, 245, Vila Buarque.  De quarta a sábado, às 21h. Domingos, às 18h. Ingressos: R$ 50,00 (inteira) e R$ 25,00 (meia). Dur: 120min. 16 anos. De 27 de julho a 28 de agosto.


São Paulo I Em cartaz
Xandú Quaresma
 

O riquíssimo Teatro de Cordel de Chico de Assis é investigado em nova montagem do musical "Xandú Quaresma,  Farsa do Cangaceiro, Truco e Padre", retrata um grupo de teatro mambembe e  conta as maravilhosas histórias do prisioneiro Xandú numa cidadezinha do sertão nordestino  Ele está preso há dois anos por enganar o Vigário ao vender-lhe um cavalo cego e velho. Xandú relata que só está preso esse tempo todo porque todos adoram ouvir os seus causos, já que ele é a pessoa mais interessante, criativa e arguta que passou pela cidadezinha. Com José Eduardo Rennó, Cristiano Tomiossi, Conrado Caputo, Greta Antoine, Gisela Millás, Dênis Goyos e Lui Vizotto. Direção: Débora Duboi. Coreografia: Roberto Alencar.

Teatro João Caetano – Rua. Borges Lagoa, 650 - Vila Clementino. Quinta a sábado às 21h e domingo às 19h.  Ingressos: gratuitos no local. Duração: 100 min. Llivre. De 4 a 7 de agosto. De 11 a 14/8 no Teatro Alfredo Mesquita.

         
Um arco-íris colorindo o céu
 

A peça cria reflexão sobre momentos que obrigam as pessoas a se reinventar para seguir em frente com suas vidas. Esse texto inédito foi escrito em outubro de 2019 e embora criado antes da pandemia de Covid-19, tem um aspecto um tanto profético ao tratar da necessidade de nos adaptarmos a situações difíceis repentinamente que obrigam as pessoas a se reinventar para seguir em frente com suas vidas.  Na trama, uma pessoa tem sua vida cotidiana totalmente alterada por um acidente nos elevadores que a obriga usar as escadas. E enquanto se prepara para seu “dia especial”, ela narra suas percepções acerca do ocorrido. Texto e interpretação de  Eloisa Elena. Direção de Carlos Gradim e Murillo Basso.

Teatro do Sesc Ipiranga - Rua Bom Pastor, 822, Ipiranga. Sextas e sábados às 21h. Domingos, às 20h, Ingressos: R$ 40,00 (inteira) e R$ 20,00 (meia). Duração: 50 min. 14 anos. De 8 de julho a 7 de agosto

          
Simplesmente Clô
 

Eduardo Martini continua em cartaz em São Paulo com o seu já consagrado espetáculo solo onde narra passagens da vida e trajetória artística do estilista e apresentador de TV Clodovil Hernandes (1937-2009). O espetáculo foi dirigido por Viviane Alfano e escrito por Bruno Cavalcanti e nele Clodovil realiza um inventário de sua vida e suas criações ao longo de mais de 40 anos de carreira, mesclando criações pioneiras na moda, o sucesso na televisão e o êxito em seu primeiro mandato como deputado federal enquanto se depara com lembranças de sua vida e fatos pouco conhecidos do público. A peça estreou em novembro de 2020 e desde então "Clô" é sucesso em São Paulo, Rio e várias outras cidades do Brasil.

Teatro União Cultural Rua Mário Amaral 209, Paraíso. Todos os sábados às 21 horas.  Ingressos: R$ 80,00 (inteira) e R$ 40,00 (meia). Duração: 70min. Classificação: 14 anos. Até 27 de agosto. Ingressos: Clique aqui


O Deus de Spinoza
 

Amsterdã, 1677. A Holanda fervilha culturalmente. Ali um livre pensador publica um livro onde questiona as doutrinas e dogmas religiosos e políticos. Baruch de Spinoza é chamado pelo rabinos a arrepender-se, mas não abre mão de seu pensamento. Assim passa pelo Herem, a condenação judaica, e vai viver no exílio da sua comunidade. Um convite à reflexão e à liberdade de pensamento, que mostra como a filosofia de Spinoza está conectada com o mundo atual. O espetáculo traz uma trilha que conta também com musicas Ladinas executadas ao vivo por uma banda. Texto: Regis de Oliveira. Direção e adaptação: Luiz Amorim. Com  Bruno Perillo, Mateus Carrieri, David Kullock, Luiz Amorim e Roberto Borenstein.

Teatro Itália Bandeirantes - Av. Ipiranga, 344, República. Quartas e quintas às 20h. Duração: 80min. Classificação: 12 anos. Ingressos: R$ 80 (inteira) e R$ 40 (meia). De 10 de agosto a 1º de setembro.

         
Bom Dia Sem Companhia
 

Comédia musical que problematiza o incentivo que as crianças recebem para que se tornem criadoras de conteúdo, além de temas como ansiedade, solidão e síndrome do impostor. O espetáculo conta a história de Vini e Lara, dois ex-apresentadores mirins que são convidados a reviver seu antigo programa em um especial que será gravado ao vivo 10 anos depois do fim da atração. Entre memórias boas e ruins, alegrias e frustrações, eles relembram os tempos em que eram amados pelo país inteiro e enfrentam as marcas que o sucesso deixou na história de cada um e na amizade deles também. Idealização, Texto: Vitor Rocha. Direção: Alonso Barros. Músicas: Elton Towersey. Com Luiza Porto, Vitor Rocha, Ana Bia Toledo e elenco.

Teatro VIVO - Avenida Doutor Chucri Zaidan, 2460 - Morumbi. Quartas e quintas às 20 horas. Ingressos: R$ 70,00 (inteira) e R$ 35,00 (meia). Duração: 70min. Classificação: 12 anos. De 3 de agosto a 29 de setembro.

          
O Filho da Mãe
 

A trama mostra de forma bem-humorada os conflitos e dramas nas mais diversas situações vividas entre Valentina, uma publicitária bem-sucedida profissionalmente, mas completamente desmiolada e apaixonada pelo filho Fernando,  um recém-formado roteirista, que está indo para Nova York estudar cinema contra a vontade da mãe. Diferente de peças que apostam na ordem cronológica. Em quatro momentos diferentes, o texto joga com flashbacks que mostram essa relação de mãe e filho, revelando acontecimentos passados da vida dos dois.  Uma forma divertida de abordar temas como paixão, carinho e relações familiares. Texto: Regiana Antonini. Direção Geral: Eduardo Martini. Elenco: Eduardo Martini e Guilherme Chelucci.

Teatro União Cultural Rua Mário Amaral 209, Paraíso. Todas as sextas-feiras às 21 horas.  Ingressos: R$ 80,00 (inteira) e R$ 40,00 (meia). Duração: 75min. Classificação: 12 anos. Até 26 de agosto.


São Paulo I Vem aí!
Bibi, uma vida em musical

Em "Bibi, uma vida em musical"  que volta ao cartaz no ano em que Bibi Ferreira faria 100 anos, a premiada atriz Amanda Costa revive no palco a vida e a obra da grande dama do teatro que nos deixou há em 2019. Escrito por Artur Xexéo e Luanna Guimarães, sob direção geral de Tadeu Aguiar, teve estreia nacional em  janeiro de 2018, no Rio de Janeiro, om temporada de 3 meses no Teatro Oi Casa Grande,  2 meses em São Paulo e turnê por 7 capitais brasileiras, sendo sucesso de público e crítica. “Não consigo lembrar de mim fora do teatro”, assim se descrevia Bibi Ferreira. Nada mais justo do que no palco contar a história da sua vida e comemorar seu centenário”. Com 110 indicações a prêmios, conquistando 45 premiações. Saiba mais

Teatro Claro SP  – Rua Olimpíadas, 360 - Shopping Vila Olímpia. Quinta, sexta e sábado às 20h30. Domingo às 19h. Ingressos entre  R$ 25,00 e R$ 200,00 (meia). Duração: 2h45 min. Livre.  De 2 a 11 de setembro.

         
 

A história e o legado de Claudia Wonder são fios condutores para o espetáculo-show “Wonder!! Vem pra Barra Pesada”. Como multiartista travesti, Claudia atuou no rock underground paulista, no cinema da pornochanchada, no teatro e na literatura, sempre intimamente ligada com as vivências da população LGBTQIA+. Nesse espetáculo, Claudia Wonder é celebrada pela atriz Wallie Ruy. Ela também denunciava a violência contra  os homossexuais e travestis, durante a epidemia de HIV/Aids. Dramaturgia e idealização: Wallie Ruy. Claudia Wonder chega até nós para convocar sua presença no tempo presente. Direção, dramaturgia e autoria: Rafael Carvalho. Com a banda formada por Felipe Botelho, Amanda Ferraresi e NBKÊ.

Teat(r)o Oficina Uzyna Uzona - Rua Jaceguai, 520, Bixiga.. Últimas apresentações em SP: 18 a 21 de agosto, de quarta a domingo, às 19h.  Ingressos a preços populares.  Duração: 120min. 12 anos. Confira a agenda completa.

          
Ensina-me a Viver
 

Harold é um jovem de quase vinte anos, obcecado pela morte. Maude é uma octagenária apaixonada pela vida. Harold convive com uma mãe indiferente, autoritária e sem nenhum afeto. Atormentado, ele tenta chamar a atenção da mãe simulando tragicômicas tentativas de suicídio. Já Maude, tem uma paixão incomparável pela vida. Aproveita cada segundo de sua existência como se fosse o último. Harold e Maude acabam se conhecendo em um cemitério. O encontro dos dois não poderia ser mais inusitado e improvável. Maude, cheia de alegria e positividade, ensina ao deslocado Harold os prazeres da vida e da liberdade. Texto: Colin Higgns. Adaptação e direção: João Falcão Com Nívea Maria, Arlindo Lopes e grande elenco.

Teatro Porto Seguro  Rua Mário Amaral 209, Paraíso. Sextas e sábados às 20h. Domingos às 17h. Ingressos: R$ 80,00 (inteira) e R$ 40,00 (meia). Duração: 110min. Classificação: 12 anos.  Estreia 19 de agosto.


São Paulo I Mais teatro para você!  
Viva Voz   Trava Bruta   Um Arco-íris...   O futuro chegou ontem
     

A peça acompanha a trajetória de dois atendentes de um call center e seus dilemas até a chegada de um novo funcionário que provocará mudanças. Espaço Garganta à Rua Doutor Cesário Mota Junior, 277. Estreia 14/08. Saiba mais

 

Após passar por dois dos maiores eventos de artes cênicas do Brasil,  o solo de Leonarda Glück, que parte da experiência transexual da autora, ganha uma nova temporada em São Paulo, De 22/7 a 07/08 no Sesc Belenzinho. Saiba mais

 

A peça "Um arco-íris colorindo o céu" mostra o cotidiano de uma pessoa que se esforça para manter a rotina como moradora de um prédio, numa situação totalmente inusitada. Texto e atuação: Eloisa Elena. No Sesc Ipiranga até 07/08. Saiba mais

 

Um pierrô maltrapilho do terceiro mundo está abandonado à própria sorte no meio da avenida por onde sua escola de samba desfilou em um tenebroso último carnaval. Criação e atuação: Kleber di Lázzare. Na Giostri Livraria até 09/08. Saiba mais

 

SÃO PAULO ESTÁ REPLETO DE BONS ESPETÁCULOS E O SHOWGUIDE TRAZ O QUE HÁ DE MELHOR PARA VOCÊ!

Este site é melhor visualizado na resolução padrão de 1366 x 768 pixels.
Showguide
 ® 2001-2022. Todos os direitos reservados