► Teatro adulto
Puro Ney  

Musical

 

Uma das trajetórias musicais mais impressionantes da música brasileira é levada pela primeira vez aos palcos. Ney Matogrosso, um dos maiores ícones da MPB, é o tema do musical "Puro Ney", no qual os cantores Soraya Ravenle e Marcos Sacramento, acompanhados por uma banda, apresentam releituras teatrais de 24 importantes canções do repertório do homenageado, divididas em cinco blocos temáticos. O próprio Ney participa indiretamente do espetáculo, em imagens especialmente  projetadas em cena. O hipnótico e impactante universo de Ney Matogrosso estará representado no palco, de um lado, por arranjos de feição contemporânea, com elementos de música eletrônica, e, de outro, por uma ambientação visual calcada na videografia produzida pelos irmãos Rico e Renato Vilarouca, que dialoga permanentemente com a cena, traduzindo a verve transgressora do artista. Direção Geral, roteiro, arranjos e direção musical: Luís Filipe de Lima..

Teatro dos Quatro - Rua Marquês de São Vicente, nº 52 (Shopping da Gávea). Tel: 2239-1095. De terça a quinta às 20h30. Ingressos: R$ 70 (inteira). 90 minutos. Classificação: 12 anos. Até 30 de novembro


Hamlet ou Morte – Uma Trágica Comédia  

Comédia

 

Os Trágicos, recordistas de prêmios no 4º FESTU RIO, voltam ao Rio com este espetáculo que. desde 2015, já foi visto por quase 10 mil pessoas em temporadas no Rio, no Festivais de Fortaleza, Barroso (MG) e de Curitiba. Ainda mais caprichado musicalmente, o espetáculo, utilizando-se de recursos da época, como homens fazendo todos os papéis (inclusive os femininos), se reporta à época da Inglaterra elisabetana, onde quatro condenados à morte recebem o direito de apresentar um espetáculo para a rainha. Sem muita noção do que é teatro, são auxiliados pelo bondoso reverendo Tópaz, que possui uma certa veia artística. Decidem encenar as poucas páginas de uma história fascinante, roubadas de um tal “Will Shakespeare”. Se a rainha gostar, eles estarão livres, caso contrário, morrerão. A rainha é o público. Você decide o final dessa história. Com o grupo Os Trágicos. Direção e adaptação de Adriana Maia

Teatro Municipal Maria Clara Machado - Av. Padre Leonel Franca, 240 - Gávea Quartas e quintas às 21h. Ingressos: R$ 40 (inteira). 90 minutos. Classificação: 12 anos. Até 26 de outubro.


O Rio não é Hollywood!  

Monólogo, musical

 

Uma atriz, um sonho, muita determinação e, sobretudo, o desejo de atuar nos palcos cariocas fizeram com que Bruna Fachetti, natural de Blumenau, SC, deixasse família e amigos para se estabelecer no Rio. Agora, neste monólogo e comédia musicada escrita pela própria atriz, Bruna se desdobra em várias personagens, apresentando, de forma divertida, o dia a dia de quem sonha chegar aos palcos de Hollywood. O roteiro foi pensado para levar ao palco essa experiência pela qual tantos jovens atores passam quando migram para a cidade em busca desse mercado. “As diferenças culturais entre o Rio de Janeiro e Blumenau são enormes. Isto fez com que eu tivesse uma dificuldade de adaptação no Rio e daí surgiram várias histórias engraçadas relatadas no texto. Bruna estreou esta peça em Blumenau, onde recebeu excelentes críticas pela atuação e texto. A direção é de Mauro Eduardo.

Teatro Café Pequeno- Av. Ataulfo de Paiva, 269 - Leblon. Tel.: 2294 4480. Terças e quartas às 20h. Ingressos: R$ 30,00 (inteira). Duração: 80 minutos. Classificação: 12 anos. Até 25 de outubro.


Tem uma Mulher na Nossa Cama  

Comédia

 

Reestreia. Romance e humor são os ingredientes de uma típica comédia de casal, mas acrescente uma situação pra lá de inusitada e uma dose de suspense a essa mistura e teremos uma super comédia que fala de um casal que, após uma noitada e tanto, volta para casa, ele dorme bêbado e quando acorda dá de cara com uma mulher desconhecida na cama. Sem lembrar do que aconteceu na noite anterior, eles agora precisam descobrir como essa estranha foi parar no quarto deles. A partir daí o público O público irá se identificar de maneira leve e engraçada com o cotidiano de um casamento, apesar dos dois estarem em uma situação inusitada. O mais legal é que o casal é apaixonado,  são grandes parceiros mas se meteram numa enrascada com a aparição desta nova mulher.  Com Maria Carol e Marcelo Duque. Participação de Daianny Cristian. Texto: Denise Portes e Marcelo Duque. Direção de Marcus Alvisi.

Teatro Vannucci - Rua Marquês de São Vicente, 52. Shopping da Gávea. Tel.:  2274-7246.  Todas as quintas às 21h30. Ingressos: R$ 70,00 (inteira). Dur: 60min. 14 anos.  Até 26 de outubro.


Cama de Gato  

Drama

 

Após temporada com sucesso de público e crítica na zona sul, o drama “Cama de gato” reestreia no centro do Rio. A peça conta a história da aproximação entre três garotos de programa com uma misteriosa e elegante travesti, chamada Lois Lane. Ela aparece na vida de Mike, Biel e Bruno para quebrar preconceitos. A narrativa é costurada por músicas e debates sobre aceitação, distorção de valores, comercialização das relações e amor. "Cama de gato" fala de amor. Amor capaz de quebrar barreiras. Escrevi esse texto para nos enxergarmos como gente. Gente que se forma na diferença, que tem sentimentos diversos e deve ser respeitada..." afirma o autor do texto, Max Mendes. Direção: Marcello Gonçalves e Marcelo Dias. Com Fabrício Portela, Fernando Dolabella, Henrique Sathler, Hugo Carvalho, Thiago Tenório, Tiago Homci, e a DJ Cacá Werneck.

Teatro João Caetano - Praça Tiradentes, s/nº - Centro. Sextas e sábados às 19h30, domingos às 18h. Duração: 80 minutos. 18 anos. Curta temporada de 13 a 29 de outubro.


Não tô entendendo nada  

Comédia

 

O desafio de contar os 500 anos de história do Brasil em uma hora é a premissa da peça “Não Tô Entendendo Nada”, dirigida por Fernando Melvin, que entra em cartaz no SESC Tijuca no dia 6 de outubro. De forma lúdica, divertida e informativa, o texto faz referência à cultura do país de Norte a Sul, com a mistura de linguagens e sotaques típicos de cada região. O resultado é uma criação coletiva dos atores Hamilton Dias, Laura Prado, Lorena Comparato, Luana Lemes, Marcelo Cavalcanti e da equipe de direção, que utilizam o conceito do Teatro Físico para apresentar o espetáculo. A peça é uma grande homenagem ao teatro, à expressão do corpo, aos povos do Brasil e, principalmente, à cultura brasileira. É um espetáculo para toda a família e queremos promover a reflexão sobre o que nos trouxe até aqui”, finaliza a atriz Lorena Comparato, uma das idealizadoras do projeto e filha do roteirista Doc Comparato.

Teatro Sesc Tijuca (Teatro II) - Rua Barão de Mesquita, 539 – Tijuca - Tel.: 3238-2167. De sexta a domingo às 19h. 60 minutos. 10 anos. Ingresso: R$ 30,00 (Inteira). De 6 a 29 de outubro.


Blackbird  

Drama

 

Vencedor do Festival Internacional de Edimburgo e do Prêmio Laurence Olivier Award, o espetáculo inspirado em um caso real de pedofilia, traz o reencontro de um homem e uma mulher que viveram caso polêmico quando ela tinha 12 anos e ele 41. Agora eles estão cara a cara para um acerto de contas. Um drama que discute as consequências, em longo prazo, do abuso sexual, o amor entre pessoas de idades diferentes, os instintos sexuais versus os padrões éticos e morais que temos em nossa sociedade. Sucesso de público e crítica há 4 anos, a  peça foi destaque no Festival de Curitiba/2017, com todas as sessões esgotadas e classificada em 3 estrelas pela Veja Rio como uma das 10 melhores peças em cartaz, no Rio em 2014. Texto: David Harrower. Tradução: Alexandre J. Negreiros. Direção: Bruce Gomlevsky. Com Viviani Rayes, Yashar Zambuzzi e participação de Nínive Kienteca

Teatro Glauce Rocha – Av. Rio Branco, 179 – Centro. Tel: 2220 – 0259. De sexta a domingo às 19h. Ingresso: R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia). 16 anos. Duração: 80min. De 6 de outubro até 12 de novembro.


Para onde ir  

Drama

 

Monólogo construído a partir do personagem Marmieládov, do romance "Crime e Castigo", de Fiódor Dostoiévski e de "Uma temporada no Inferno", de Arthur Rimbaud, em homenagem a poesia crítica do jovem poeta Bertolt Brecht, A peça estreou em fevereiro, com excelentes críticas, tendo realizado três temporadas com total sucesso de público. O espetáculo apresenta um tema de grande relevância social, ao trazer para à cena um personagem que após perder seu emprego, entrega-se ao vício do álcool. Toda a ação se passa numa taberna, onde o público é como se fossem os fregueses dessa taberna. Texto: Fiódor Dostoievski e Arthur Rimbaud, em homenagem a Bertolt Brecht. Adaptação e atuação: Yashar Zambuzzi. Direção: Viviani Rayes.

Teatro Glauce Rocha – Av. Rio Branco, 179 – Centro. Tel: 2220 – 0259. Quartas e quintas às 19h. Ingresso: R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia). 14 anos. Duração: 50min. De 05 de outubro até 09 de novembro.

 
O Boca do Inferno  

Drama

 

Um espetáculo baseado na vida do poeta Gregório de Mattos que se passa no período Barroco do Brasil colônia. A peça trata da chegada do poeta à Bahia - aos 47 anos, 33 deles vividos em Portugal -, até sua deportação para Angola (1683-94). Em cena o conflito de um homem em decadência como fidalgo, e em ascensão como poeta, desafiando a tudo e a todos, com sua língua felina e suas sátiras poéticas certeiras, o que lhe valeu o apelido de “Boca do Inferno”. Gregório é artista que não cabe em seu tempo. Criticava a política, a religião e os maus hábitos da Bahia colonial. Suas sátiras, bem lidas, servem perfeitamente para o Brasil de hoje. Essa talvez seja uma das principais qualidades da verdadeira arte. Por incrível que pareça para nós diretores da peça, montar O Boca do Inferno, pra nós, é falar do Brasil atual. Texto: Adailton Medeiros. Direção : Gilson de Barros e Licurgo. Com Licurgo , Gilson de Barros e Andréa Mattar.

Centro Cultural Parque das Ruínas  - Rua Murtinho Nobre, 169 – Santa Teresa. Tel. 2215-0621. Sábados e domingos às 19h30. Ingresso: R$ 30 (inteira). 16 anos. 60min. Temporada prorrogada até 29/10.

 
Essa coisinha estúpida chamada amor  

Comédia

 

Luiz Fernando, Marcelo e Sérgio tiveram problemas amorosos com seus pares. Luiz foi traído e sua esposa o abandonou; Sérgio foi abandonado devido ao seu comportamento hostil, hipocondríaco e paranóico, devido ao seu transtorno de ansiedade, qual nunca se preocupou em tratar; e Marcelo, um rapaz com problemas de peso, que perdeu cedo seus pais, nunca conseguiu entrar em um namoro, e se vitimiza todos os dias usando isso para seu mérito pessoal... quando funciona. Juntos, e sem saber como chegaram ali, os três se encontram em uma espécie de terapia com a doutora Marise, que vai fazê-los confrontarem e também tentarem entender onde e como erraram com seus respectivos pares. Texto: Fael Velloso. Direção: Matheus Brito. Com Ana Rosa Nery, Fael Velloso, Heitor Esteves e Yuri Goldenberg.

Teatro Henriqueta Brieba –  Rua Conde de Bonfim, 451 - Tijuca Tênis Clube. Sábados e domingos às 20h.  Ingresso: R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia). 12 anos. Duração: 50 minutos. De 7 a 29 de outubro.


Bora Rir - O Seu Show de Humor  

Comédia

 

Um show de variedades com diversos personagens, stand up comedy, improviso, bailarinas, cantores, imitadores, dragqueens e um apresentador bem louco guiando todos em uma viagem rumo às gargalhadas. No elenco, três dos nossos melhores humoristas; José Alessandro é o apresentador com seus mil personagens que lhe renderam participações no Prêmio Multishow de Humor e Domingão do Faustão. No teatro fez  “Terapia do Riso”, “Clube da Cena” e “O Surto”. Wagner Trindade começou sua carreira no teatro com "Pout-PourRir" e na TV participou do elenco fixo do “Zorra Total”, além de participações nos programas  “A Turma do Didi”, “Os Suburbanos” e “Faça sua Historia”. Aarhon Pinheiro fez web séries para o Multishow: “A vida sexual de Babu” e o “O Brasil ta vendo” e faz também preparação de plateia para a série “Acredita na Peruca”;“Trair e Coçar” e “Vai que Cola”. Sem dúvida um time de peso.

Teatro Miguel Falabella - Av. Dom Helder Camara, 5.332 - Norte Shopping. Tel: 2597-4452. Sextas e sábados às 23 horas. Domingos às 21h30. 14 anos. Ingresso: R$ 50,00 (Inteira).

► Teatro infantil
Cururu: o sapo jururu  

Teatro infantil

 

Reestreia. O texto é autoral e a obra foi agraciada no Prêmio SESC/DF de Contos Infantis Monteiro Lobato, em 2010. A peça conta a história do sapo Cururu, que conhece a lua, se encanta com a sua beleza e se apaixona por ela. Após ter o seu amor recusado, ele descobre o segredo que a envolve, e passa a ter uma missão: acabar com infelicidade da sua amada. O espetáculo, repleto de magia e alegria, entrelaça lendas do folclore popular, costuradas no enredo, tais como: a lenda do amor entre Sol e Lua, a da Festa no céu, e apresenta personagens típicos da cultura nacional, como, por exemplo, o sapo cururu. Texto: Tatiana Alves. Adaptação e direção: Júlio Luz. Com Amanda Mendonça, André Caldas, Clara Sanpi, Danda Leal, Flavio Santos, Pedro Gonzalez e Thiago Lemos.

Casa da Espanha - Rua Maria Eugênia. 300 - Humaitá. Inf.: 981279366
Sábados e domingos às 17h30. Duração: 50 minutos. Classificação etária: Livre.  Nova temporada: 14 a 29 de outubro de 2017.

 

Faça para você uma assinatura anual do Clube Tix Showguide e presenteie dois amigos com 1 mês de Clube Tix inteiramente grátis!

Este site é melhor visualizado na resolução padrão de 1366 x 768 pixels.
Showguide Tix
® 2001-2017 - Todos os direitos reservados