Quer ganhar um livro de presente do seu Clube Tix Showguide? Então clique no botão ao lado e participe da nossa promoção "Quem lê mais, sabe mais!".  A promoção é aberta a todos, sócios e não-sócios, bastando estar cadastrado. Mensalmente serão sorteados pelo menos  dois títulos, dentre todos os livros publicados nesta seção. Participe! 
 
 
 
 

Terças à Noite em 1980
Autora: Molly Prentiss

Soho, Nova York, início da década de 1980. Um crítico de arte com apurado senso sinestésico, um artista plástico argentino exilado e uma jovem  e determinada americana vivem o amor, a explosão da criatividade e a perda da inocência em um bairro que foi palco de uma importante renovação estética e cultural e onde toda uma nova geração de escritores e artistas tentava garantir seu lugar numa metrópole que se reinventava. Retratando um tempo de excessos, decadência e trans-formações com uma prosa radiante, a estreante Molly Prentiss escreve uma carta de amor a Nova York em uma trama que revela a importância da beleza e do amor em uma área em constante renovação. Editora: Rocco. 318  páginas.


 

Tô Frito
Autoras: Luciana Fróes e Renata Monti

Errar é humano. Transformar o erro em acerto já não é para qualquer um... Em Tô frito, uma jornalista e crítica de gastronomia Luciana Fróes e a repórter gastronômica Renata Monti reuniram 20 dos mais celebrados chefs do Brasil para contar, sem qualquer pudor com muito humor, os maiores desastres por que passaram entre mesas e fogões – alguns deles com final feliz, como o grão de risoto de Claude Troisgros, que, num descuido, foi parar numa frigideira com óleo quente e acabou virando o arroz-pipoca, incorporado ao cardápio do premiado Olympe. Outros mestres da gastronomia nacional que também abriram seu baú de histórias e contam  casos bem temperados, digestivos e divertidos. Editora Rocco. 224 páginas


 

O Escravo da Capela
Autor: Marcos Debrito

Depois do sucesso com, “Condado Macabro”, o cineasta Marcos DeBrito, premiado por filmes de terror nacional, lança um novo olhar sobre mitos nacionais com um romance se passa no ano de 1792, quando a produção de açúcar nas fazendas de cana era controlada pelas mãos impiedosas dos senhores de engenho. "O Escravo de Capela" poderia muito bem ser um romance histórico, pois o drama principal são as relações entre os membros da família Cunha Vasconcelos e as consequências pelo longos anos de tratamento cruel dado aos escravos. Mas o autor é conhecido por entregar uma visão aterradora dos males reais que afetam o ser humano e mostrar o pior que existe em nós. Editora  Faro. 288 páginas.


 

A Poética do Impulso
Autor: Línox

Um livro que possui uma estética singular. Seu conteúdo não foi concebido para ser impresso em papel, ou ordenado em forma de livro. São recortes de postagens na internet, geradas a partir do exercício espontâneo e visceral do autor, de regurgitar pensamentos que lhe tomam de assalto. São rompantes, fragmentos, epifanias. São poesias! Músico, baterista, compositor e cantor Línox começou a exercitar a escrita de forma mais consistente ao participar de um grupo de estudo de filosofia com Claudio Ulpiano, em 1993. Mas foi em 2010, ao criar um perfil no Facebook, que a prática de lapidar o pensamento em palavras se descolou das músicas e ganhou ritmo. Editora  Ibis Libris. 160 páginas.


 

A Hipótese Humana
Autor: Alberto Mussa

Tiros na noite e um crime: são misteriosas as circunstâncias que envolvem o assassinato de Domitila, filha do coronel Chico Eugênio, dentro da chácara no Catumbi. A investigação fica a cargo do detetive Tito Gualberto, que tentará completar o quebra-cabeça do crime. Os muitos suspeitos do crime vão sendo revelados aos poucos, levando o leitor num redemoinho que confunde, aprisiona e inquieta. Utilizando-se com primor da paisagem geográfica do Rio do século XIX e unindo mitologia indígena e africana para criar um cenário mítico tipicamente brasileiro, Para o autor uma cidade não se define pelo temperamento de seu povo ou pela sua cultura, mas pela história de seus crimes. 176 páginas. Editora Record


 

Doce-Amargas Prosas Poéticas erráticas
Autora: Luiza Prado (Roteirista do Vai Que Cola)

Naquela segunda sem feira, recém-liberta do consultório médico, relia em letras garrafais o (obsceno) diagnóstico: distúrbio vocabular obsessivo autoimune. Não podia negar que os sintomas vinham pipocando a seios nus. Mas dar nome e sobrenome àquilo que, piscadelas atrás, era universo só? meu, não se revelou tão açucarado assim. No balcão da farmácia 24h, as sobrancelhas arqueadas do atendente se traduziram em longos instantes de incógnita. As tentativas de perguntas interrompidas em (con)sequência também. Foi aí que a idéia (ainda prematura) desse livro nasceu. E eles vieram em formato de doce-amargas prosas poéticas erráticas. Editora: Oito e Meio. 82 páginas.

 
 
 

Quatro Soldados
Autor: Samir Machado de Machado

Uma das vozes mais originais e instigantes da nova literatura brasileira, Samir Machado mescla referências que vão de Shakespeare a Thomas Pynchon, passando por filmes de aventura como Indiana Jones e videogames como Uncharted. Não por acaso, sua obra cruza fronteiras de gênero, flertando com a aventura, o romance histórico e a fantasia, e se situando na fronteira, cada vez mais tênue, entre alta literatura e entretenimento. O livro narra as peripécias de quatro jovens que têm seus destinos entrelaçados no Brasil de 1754, durante a guerra contra as Missões Jesuítas: os quatro soldados passam por longas viagens, batalhas e todo tipo de aventura pelo vasto território brasileiro do século XVIII. Editora Rocco. 272 páginas.


 

Bares e Restaurantes do Rio
Autor: Nazareth Moreaux

"Bares e restaurantes, histórias do meu Rio" - Este é o título do novo livro da jornalista e escritora Nazareth Moreaux. Uma viagem ao passado chegando aos dias atuais, o relançamento da obra lançada em 1997. Como os tempos mudaram, novos textos, novas casas, novas histórias! São 106 páginas destinadas à memória da cidade através dos 42 bares e restaurantes desde 1860, quando a primeira confeitaria (a Cavé) foi inaugurada e o perfil das várias décadas: A belle époque, o tradicional Café Lamas, o glamour dos anos 50 em Copacabana, o Restaurante Maxim’s, o Beco das Garrafas (berço da bossa nova e celeiro de novos talentos) casos curiosos, romances iniciados e pratos criados.


 

As Tias - Lendas de uma Família
Autor: Sandra Schamas

"As Tias" reúne em ordem cronológica a história de imigrantes italianos que, como muitos outros, chegaram a São Paulo no final do século 19. No livro, as histórias de uma dessas famílias italianas são contadas de modo pessoal e descontraído com o único objetivo de não deixar que as histórias se percam. O idioma, os costumes, as epidemias e crises econômicas são dificuldades superadas pelo trabalho duro e a vontade de formar uma nova pátria. Narrados em primeira pessoa, são relatos colhidos da memória da bisneta do casal já de meia idade Cesare e Adele, tendo como pano de fundo a imigração no Brasil, a Primeira e Segunda Guerra Mundial e a  formação da cidade de São Paulo. Editora  Patuá.


 

Cidade de Deus
Autores: Alba Zaluar e Luiz A. Pinheiro de Freitas

O livro "Cidade de Deus: a história de Ailton Batata - o sobrevivente", de Alba Zaluar e Luiz Alberto Pinheiro de Freitas, reconstitui ao mesmo tempo uma história pessoal e a história dos agentes envolvidos no mundo do crime do Rio de Janeiro. Importante personagem da crônica do tráfico de drogas na virada dos anos 1970-1980 no Rio de Janeiro, Ailton Batata da Cidade de Deus passa de bandido a estudo de caso neste livro. Sua história de desqualificação, que inclui um encarceramento de 15 anos, é transformada pela introdução de dois pesquisadores acadêmicos para quem Ailton recontou sua história, reconstruiu sua autoimagem e refez sua imagem pública. Editora FGV. 288 páginas.


 

As Feras do Saldanha
Autora: : Thereza Bulhões

O livro "As Feras do Saldanha - o João-sem medo, por suas Mulheres", reúne depoimentos das cinco ex-companheiras de João Saldanha, que revelam um lado do ex-técnico da Seleção nunca antes apresentado ao público – o conjugal. Com prefácio de Juca Kfouri, orelha de Tostão e comentários de personalidades diversas, João Alves Jobim Saldanha foi um famoso jornalista, escritor e treinador de futebol brasileiro, tendo também atuado profissionalmente por alguns anos no clube carioca do Botafogo, mas abandonou a carreira e se graduou em jornalismo, O livro de Theresa Bulhões reúne passagens e fotos históricas da vida familiar do João Sem-Medo, como era chamado. 104 páginas. Editora Lacre.


 

Essa Menina
Autora: Tina Correia

Durante muito tempo, ninguém soube o verdadeiro nome de Esperança. Para todos, ela era Essa Menina. Decidida a reunir num livro as memórias de sua infância, ela desperta a criança curiosa que vivia a escutar a conversa dos adultos. Ao descrever as festas, as comidas e as brincadeiras no quintal, revela ainda, que sob a perspectiva infantil, os anseios, fragilidades e sonhos dos que estavam à sua volta. Os grandes eventos políticos dos anos 1930 a 1960 são o pano de fundo dessas dramáticas e emocionantes histórias. Ora testemunha, ora protagonista, é a menina de olhos grandes e curiosos quem nos conduz por essa narrativa quase mítica, ambientada no interior do Nordeste. Alfaguara, 2016.

 

 
 

Para divulgar seu evento nesta seção clique aqui.

 

Faça uma assinatura semestral do Clube Tix Showguide e presenteie um amigo(a) com 1 mês de Clube Tix inteiramente grátis!

Este site é melhor visualizado na resolução padrão de 1280 x 768 pixels. Atualize seu monitor.
Showguide Tix
® 2001-2017 - Todos os direitos reservados